Tribunal de Contas dá visto prévio à compra de 42 novas carruagens e novo sistema de sinalização

Exterior da carruagem

O contrato para a aquisição de um novo sistema de sinalização ferroviária e a aquisição de 14 novas unidades triplas (42 carruagens) recebeu visto prévio por parte do Tribunal de Contas.

Com esta decisão, tem início a vigência do contrato assinado com o Agrupamento Stadler Rail Valencia, S.A.U./ Siemens Mobility Unipessoal, Lda., pelo valor de 114,5 milhões de euros, com o prazo global de execução de setenta e sete meses.

A aquisição de 14 novas unidades triplas vai melhorar a oferta de comboios e serviços do Metro, permitindo mais conforto e acessibilidade para os clientes. O material estará equipado com um novo sistema de comunicação com os clientes que disponibilizará informação em tempo real, bem como sistemas de segurança e vídeo vigilância mais modernos.

Os novos sistemas Communications-based train control (CBTC) irão permitir um controlo contínuo do movimento dos comboios, resultando no aumento da frequência e da regularidade do serviço público de transporte prestado pelo Metropolitano de Lisboa. A oferta de comboios será efetuada com a frequência e o padrão de segurança mais adaptados às necessidades atuais do serviço.

O fornecimento das novas carruagens será faseado. O plano de trabalhos da proposta prevê que a primeira unidade tripla (3 carruagens) seja entregue no 1.º trimestre de 2023, sendo a entrega da 14.ª e última unidade tripla prevista para o 3.º trimestre de 2025.