Conheça as novas estações do futuro prolongamento da Linha Vermelha

Linha Vermelha

No futuro de 2025, através do prolongamento da linha Vermelha de São Sebastião a Alcântara, o Metropolitano de Lisboa passará a contar com mais 4 novas estações: Amoreiras, Campo de Ourique, Infante Santo e Alcântara, aumentando a sua rede em cerca de 3,7 km na cidade de Lisboa.

Este prolongamento irá permitir uma melhoria significativa da mobilidade na Área Metropolitana de Lisboa, contribuindo para servir zonas densamente povoadas e com forte atração e geração de viagens, que carecem de transportes públicos.

A futura estação Amoreiras estará localizada na zona do cruzamento das Avenidas Conselheiro Fernando de Sousa e Engenheiro Duarte Pacheco. Já a nova estação Campo de Ourique irá situar-se junto ao Jardim da Parada, nomeadamente no eixo da Rua Tomás da Anunciação que se localiza entre a Rua Infantaria 16 e a Rua Almeida e Sousa. A estação Infante Santo, por sua vez, irá localizar-se numa zona mais central, a meio da Avenida Infante Santo, de modo a servir a Tapada das Necessidades e os Bairros da Estrela e da Lapa.

Com localização prevista em viaduto sobre o Vale de Alcântara, a nova estação Alcântara fará ligação direta à estação da CP de Alcântara-Terra e à futura Linha Intermodal Sustentável, promovendo a ligação ao concelho de Oeiras (LIOS Ocidental). Esta expansão irá criar um novo interface de transportes na cidade, capaz de articular os serviços ferroviários suburbanos já existentes e melhorar a acessibilidade a um dos bairros mais antigos da cidade de Lisboa.

O impacto deste projeto de expansão da rede do Metropolitano de Lisboa e infraestruturas irá ainda beneficiar diretamente a população que reside, trabalha ou estuda na área de influência das futuras estações.

Acompanhe o desenvolvimento do projeto através do nosso site.